O armazenamento tem um grande impacto no tempo de conservação dos alimentos.

A forma como os alimentos são guardados determina o seu prazo de conservação. Depende nomeadamente da luz, do oxigénio e da temperatura de armazenamento. Mesmo que cada produto tenha requisitos específicos em matéria de armazenamento, aplicam-se algumas regras gerais.

Guardar ao abrigo da luz: a luz acelera os processos de degradação dos óleos e das gorduras. Use recipientes herméticos e garrafas de vidro escuro, ou guarde estes produtos num local escuro (cave).

Manter num local seco: Arrume as massas, o arroz, os corn-flakes, o mel e o açúcar num local seco e à temperatura ambiente – de preferência em recipientes herméticos.

Fechar hermeticamente: muitos processos de degradação são acelerados pelo oxigénio. Ao embalar hermeticamente os alimentos ou ao conservá-los em vácuo, pode evitar o ranço, os bolores, as descolorações, etc.

Armazenar num local fresco: para evitar, ao máximo, os processos de deterioração e degradação, deve guardar os alimentos num local fresco ou frio (cave fresca, frigorífico ou congelador). Muitos alimentos têm indicações sobre a temperatura de armazenamento ideal. Garanta que a temperatura do seu frigorífico é suficientemente reduzida (máx. 5 °C para o tabuleiro central).

A congelação (-18 °C) é uma boa alternativa para conservar os alimentos mais tempo. A maioria dos produtos pode ser congelada: o pão até três meses, os produtos lácteos até seis meses, a carne e o peixe até um ano.

Vai encontrar aqui informações sobre o armazenamento os alimentos.

Mantenha a sua cave e os seus armários sempre limpos, sem migalhas nem restos alimentares. É a única forma de evitar que parasitas se multipliquem e contaminem os alimentos.