Carta antidesperdício alimentar

O pacto de solidariedade antidesperdício

É necessária uma ampla mobilização para acabar com o desperdício alimentar. Por isso, é importante que o máximo de intervenientes possível se associe a esta onda de solidariedade.
Durante o conselho de governo de 12 de setembro de 2019, os responsáveis decidiram, por iniciativa do ministro da Agricultura, da Viticultura e do Desenvolvimento Rural Romain Schneider, reduzir o desperdício alimentar nos eventos organizados por ou com o Estado, identificando, juntamente com os fornecedores, a melhor forma de:
comprar de forma responsável;
privilegiar as cadeias curtas de abastecimento alimentar e os produtos regionais e de estação;
reaproveitar os alimentos que podem ainda ser consumidos.
Estes princípios foram também definidos em várias cartas “antidesperdício”.

Em 2019, assinámos esta carta com os representantes das pousadas da juventude luxemburguesas para todos os seus estabelecimentos.


Antigaspi Charta Ënnerschrëfft
Em 2017, uma carta antidesperdício alimentar foi assinada com os representantes da LUXEXPO THE BOX, que se comprometeram a reduzir, ao máximo, o desperdício alimentar durante o evento. Em 2017, o ministério assinou uma carta antidesperdício alimentar com a CGFP para reduzir o desperdício de alimentos na cantina da função pública.
Em 2017, foi assinada uma carta com os organizadores da Feira Agrícola de Ettelbruck. Apesar de termos empurrado portas abertas com as nossas recomendações sobre o armazenamento, os stocks e as cadeias curtas de abastecimento alimentar, dado que os produtores e os distribuidores as implementam há muito tempo, o objetivo era enviar um sinal para sensibilizar todos os cidadãos para um consumo mais responsável.
Carta antidesperdício alimentar com as pousadas da juventude luxemburguesas
check linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram